Mais de 400 ofertas em imóveis para locação e venda. As melhores imobiliárias em Ubatuba. Agenda anual de Ubatuba. Conheça Ubatuba em 70 Fotos. Empresas que fazem passeios turísticos. Escolha o melhor restaurante. Lista de hospedagens em Ubatuba. Página Principal
Ao Vivo (Canais de TV) 
Agenda de Eventos       
Bancos                       
Cachoeiras                  
Cinema                     
Condições das Praias    
Educação                      
Empresa de Passeios    
Fotos de Ubatuba        
Fotos Aéreas                
Fluidez Trânsito - SP     
Games - Jogos on line   
Guia Comercial             
Guia da Construção     
História de Ubatuba      
Hotéis/Pousadas/Chalés
Igrejas em Ubatuba      
Indique este Site         
Imobiliárias                
Imóveis                      
Mapa da Cidade           
Náutica                      
NET - Canal 18             
Notícias (Top20)           
Pontos Turísticos          
Praias                         
Restaurantes               
Rodízio Carros - SP      
Seguros                      
Serviços                      
Telefones Úteis            
Tempo em Ubatuba      
Trilhas pela Mata         
Videos de Ubatuba       
WallPapers                 
Web TV (Ao Vivo)         
Serviços
Anuncie seu comércio    
Busca CEP                    
Efetuar Login                
Fale Conosco               
Portifólio                     
VOIP Acesso                 
Comunidades
Siga-nos no FaceBook Siga-nos no Twitter Blog de Ubatuba
Mapa Interativo de Ubatuba
Tempo em Ubatuba



Notícia Arquivo
Fevereiro
Março
Abril
Maio (20 Ultimas)
Últimas Notícias de Ubatuba - Maio
Indique esta notícia

14/12/2018 - Notícia geral
Cerca de 200 pessoas participam de audiência pública em Ubatuba
Taxa de Preservação Ambiental, Lei Cama e Café e Lei de Zoneamento foram abordados

Para esclarecer as alterações sugeridas após apontamentos da Câmara Municipal e Ministério Público referentes aos projetos Cama e Café e Taxa de Preservação Ambiental (TPA) em Ubatuba, a Prefeitura promoveu uma audiência pública na tarde desta quinta-feira, 13, no auditório da EM Presidente Tancredo de Almeida Neves.

Cerca de 200 pessoas compareceram ao local, entre população, imprensa, vereadores (Bibi, Rochinha do Basquete e Junior) e secretários municipais. A exposição dos temas foi feita pelo responsável jurídico do expediente da Prefeitura, Clingel Frota, que além da Cama e Café e da TPA, abordou a adequação do zoneamento urbano em área central, próxima ao posto Kamomê, alterando de Z11 para Z5.

Após a exposição dos temas, 42 pessoas fizeram seus questionamentos para sanar as dúvidas, levantando questões como, por exemplo, se seus estabelecimentos se encaixam ou não na cobrança da Cama e Café e sobre o investimento que será feito com os valores arrecadados.

Com relação à Cama e Café, Frota esclareceu que somente imóveis contratualizados com prestação de serviço, como cama, mesa e lavanderia se encaixarão nesta Lei, que também fala sobe os direitos e as obrigações dos prestadores de serviços como meio de hospedagem e residências que fazem parte da categoria citada na redação.

Frota também esclareceu que a arrecadação a Cama e Café está ligada ao Imposto sobre serviço –ISS, que faz parte da arrecadação geral do município, que deve ser revertida em melhorias para todos os setores, como saúde, educação etc.

Sobre a TPA, ele esclareceu que, após aprovação, a Lei terá 90 dias para entrar em vigor e, neste período, será feita uma audiência pública para que sejam discutidos e definidos quesitos como valores e metodologia de funcionamento.

Além disso, ele lembrou que a fiscalização das ações de investimento poderá ser feita pela população, acompanhando valores e módulo de investimento no Portal da Transparência do Executivo.

Por fim, sobre o Zoneamento, foi reforçado que a alteração de Z11 para Z5 do referido local está atestada pelo Ministério da Aeronáutica, que garantiu que a área não integra mais uma área de proteção aeronáutica, ou seja, não está prevista sua utilização para os devidos fins.

Foi esclarecido pelo secretário de Arquitetura e Urbanismo, Cesar Abboud, que o trecho compreende o espaço entre o rio Tavares e a av. Rio Grande do Sul.

“A alteração vai viabilizar o desenvolvimento urbano e contribuir com a mobilidade urbana melhorando, inclusive, o transporte coletivo, facilitando acessos”, reforçou Abboud.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social / PMU


Indique esta notícia


Voltar as Top 20 noticias
WebDesign e hospedagem:Maxiweb-Brasil