Mais de 400 ofertas em imóveis para locação e venda. As melhores imobiliárias em Ubatuba. Agenda anual de Ubatuba. Conheça Ubatuba em 70 Fotos. Empresas que fazem passeios turísticos. Escolha o melhor restaurante. Lista de hospedagens em Ubatuba. Página Principal
Ao Vivo (Canais de TV) 
Agenda de Eventos       
Bancos                       
Cachoeiras                  
Cinema                     
Condições das Praias    
Educação                      
Empresa de Passeios    
Fotos de Ubatuba        
Fotos Aéreas                
Fluidez Trânsito - SP     
Games - Jogos on line   
Guia Comercial             
Guia da Construção     
História de Ubatuba      
Hotéis/Pousadas/Chalés
Igrejas em Ubatuba      
Indique este Site         
Imobiliárias                
Imóveis                      
Mapa da Cidade           
Náutica                      
NET - Canal 18             
Notícias (Top20)           
Pontos Turísticos          
Praias                         
Restaurantes               
Rodízio Carros - SP      
Seguros                      
Serviços                      
Telefones Úteis            
Tempo em Ubatuba      
Trilhas pela Mata         
Videos de Ubatuba       
WallPapers                 
Web TV (Ao Vivo)         
Serviços
Anuncie seu comércio    
Busca CEP                    
Efetuar Login                
Fale Conosco               
Portifólio                     
VOIP Acesso                 
Comunidades
Siga-nos no FaceBook Siga-nos no Twitter Blog de Ubatuba
Mapa Interativo de Ubatuba
Tempo em Ubatuba



Notícia Arquivo
Fevereiro
Março
Abril
Maio (20 Ultimas)
Últimas Notícias de Ubatuba - Maio
Indique esta notícia

9/8/2018 - Notícia geral
Vigilância em Saúde de Ubatuba prepara ações contra arboviroses
Reforçar vacinação contra febre amarela e combate a criadouros do mosquito Aedes aegypti são prioridades

Representantes de diferentes órgãos públicos que integram a sala de Situação e Comando de Arboviroses (dengue, zika, chikungunya e febre amarela), coordenada pela Vigilância em Saúde de Ubatuba, reuniram-se na terça-feira, 7, para analisar os dados relativos ao município e planejar as próximas ações.

Segundo o último boletim epidemiológico, há um total de 102 casos notificados de dengue na cidade, dos quais 11 foram confirmados laboratorialmente, 34 descartados laboratorialmente, 55 descartados pela análise clínico-epidemiológica e dois aguardam resultado. A região que apresenta mais casos de dengue é a Central, com sete casos, seguida da região Norte, com quatro confirmados.

Em relação ao chikungunya, há um total de 11 casos suspeitos, dos quais seis já foram descartados. Já para zika, foram quatro casos suspeitos registrados, dos quais dois foram descartados laboratorialmente e outros dois aguardam resultado.

Para febre amarela, houve 30 notificações de casos suspeitos em 2018, dos quais 10 foram confirmados, incluídos três mortes, 16 foram descartados e quatro aguardam resultado do exame.

A situação é preocupante devido à baixa imunização da população: apenas 76% tomaram a vacina. “São ainda 20 mil pessoas que se encontram desprotegidas contra o vírus da febre amarela. Com a chegada do calor e das chuvas, isso significa que teremos mais casos da doença. E em Ubatuba ela tem se mostrado de alta letalidade”, explica Patricia Machado, supervisora da Vigilância em Saúde.

Vacinação e combate a criadouros: intensificar a conscientização

Reforçar a conscientização da população sobre a importância de vacinar-se e de combater os criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela, foram apontadas como ações prioritárias pelos participantes da reunião.

Segundo relatório mais recente de avaliação de densidade larvária (ADL), o município hoje apresenta índice de 0,8 devido ao tempo frio e seco. Porém, o que chama mais a atenção é a existência de 12.709 prováveis criadouros contaminados por ovos do mosquito, encontrados em 665 imóveis visitados pelos agentes de controle de endemias. Os criadouros são de todos os tipos, como latas, bebedouros de água de animais, reservatórios da geladeira, calhas, pratos de vasos, entre outros.

Entre as sugestões apresentadas, está a de realizar um trabalho educativo com alunos das escolas públicas municipais e estaduais, equipes de saúde da família e equipes da Santa Casa, afixar cartazes e veicular informações em pontos de grande movimento como salas de espera, terminal rodoviário, setor de atendimento ao munícipe (Fácil), além de incluir barraca de orientação e distribuição de material informativo nas ações do “Prefeitura Bairro a Bairro”.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social / PMU


Indique esta notícia


Voltar as Top 20 noticias
WebDesign e hospedagem:Maxiweb-Brasil